O Tempo é insuficiente e o perdemos

É o fim de uma jornada
Coloco-me a pensar sobre o que eu aprendi.
Maldito dom humano.
O que importa sobre o quanto aprendemos?
Pra funcionar em quê?
Eis um basta.
Certo ou errado, ninguém nunca saberá.
O tempo é insuficiente e eu o perco
Buscando encontrar razões que te façam acreditar
Nem eu mesmo sei em quê.
Maquiavel uma vez disse que a história é cíclica,
E talvez ele tenha razão.
Em alguns momentos me pego pensando:
O que somos se não, repetições?
Logo, já deveria saber o que esperar.
Você ainda precisa de uma razão em que se apoiar.
Mas circunstâncias são outras
E isso também pouco importa.
Agora, o tempo é insuficiente e o perdemos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s