Travessia matutina

A boca seca –

São quatro e vinte da madrugada.

Tenho sempre uma garrafa d’água do lado.

O fogo não só consome, como prospecta

Em mim, o delírio opióide.

Nem todas as mudanças são feitas após guerras.

Nelas só se muda de fora pra dentro,

E as verdadeiras mudanças acontecem

Quando se muda de dentro pra fora.

Por isso queria te dizer,

A travessia arriscada e necessária

É passageira e é tudo o que sou.

Anúncios

Um comentário sobre “Travessia matutina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.