Estão esgotando meu tempo e interrompendo minha poesia

A barbárie anunciada propõe uma nova caricatura, Uma crítica ao esquecimento, temas de tantas outras poesias. Não foi um ensaio isolado. Foi geral e fomos esquecidos. Agora, as vozes daqueles que admirávamos, adquirem tons de concreto Esgotado pelo tempo, se tornando pó. E meus amigos, sem expressão de pensamento autônomo, Reproduzem a barbárie em tons … Continue lendo Estão esgotando meu tempo e interrompendo minha poesia

Hoje

Me pego lendo distopias Sonhando com utopias Acordando com realidades Que sopram um cata-vento: Rodam um momento O próprio pensamento, Me percebo de pé e sento. Apenas sei de mim E já não sei de mais nada.